7 de jun de 2014

Diário de uma Treinadora de Pais, de Jenny Smith


Edição: 1 | Editora: Galera Júnior | Ano: 2014 | Páginas: 288 | ★★★★


A minha escolha para resenhar esse livro foi (um pouco) inusitada. O livro é lançado pelo selo da Galera Junior, então eu sabia que era infanto-juvenil. Escolhi "Diário de Uma Treinadora de Pais" porque ele é um livro que eu simplesmente não compraria quando eu fosse numa livraria. Não por achar ruim a capa, sinopse ou edição; simplesmente porque minha prioridade nunca foi ler livros infanto-juvenis, então essa era a hora certa para solicitá-lo.




Compre na
Livraria Cultura ou no Book Depository (Diary of Parent Trainer)!*




Katie é uma menina de 13 anos - de vida, porque mentalmente eu chutaria uns 17 ou 18 - que estudou e analisou os adultos por anos, até denominar-se uma "profunda entendedora" das atitudes adultas. Ela mantém um diário disfarçado de livro de matemática aonde ela escreve sobre o universo dos adultos a sua volta e até mesmo dos adultos que ela observa, mas que não possui um contato direto. Em seu diário, Katie compartilha suas táticas para lidar com adultos e como ela achava previsível cada atitude vinda deles, como se ela realmente já soubesse tudo o que acontece entre eles. O que Katie não espera é que algum adulto aja de forma contraditória ao que está escrito em suas anotações e acabe quebrando esse "achismo" da menina, como faz sua mãe, ao apresentar seu novo namorado - no caso, um candidato a padrasto de Katie - e aí tudo começa a não fazer sentido e ela procura respostas pros seus diversos questionamentos.




Além de ter uma história leve e totalmente descontraída, o livro ainda traz Katie como personagem principal, o que faz a leitura ficar muito mais tranquila devido ao senso de humor e realidade que a menina tem, mesmo aos 13 anos de idade. Katie é realista e excêntrica, e como ela é a narradora do livro, faz a história ficar (ainda) mais divertida e engraçada! Não só Katie, mas toda sua família é cômica e até um pouquinho exótica.
Apesar de ser um livro infanto-juvenil, ele traz à tona problemas que estão presentes na vida de muitas crianças, como a morte de um membro da família (não é spoiler!) que é muito importante, a chegada e a aceitação de um possível-novo-membro, a união familiar necessária e a estabilidade emocional quando se passa por uma etapa difícil. 




Devido à história criativa e as diversas vezes que Katie me fez rir, o livro merece 4 estrelas. Não é meu gênero favorito, eu não leio muito infanto-juvenil; mas eu também simplesmente cansei de só ler livros extremamente sérios (tcc feelings) e que me fazem refletir por dias e dias. Essa leitura apareceu na hora certa e eu não me arrependo nem um pouquinho de ter lido - em uma tarde - o livro e conhecido a história da Katie & família. Super recomendo!




Gostou? Clique aqui para ler o primeiro capítulo!
*O blog recebe comissão caso seja efetuada a compra do livro 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team
alt="Posts Relacionados"/>